Mozambique: Cacilda Banze- Defensora de genero


Date: July 29, 2018
  • SHARE:

Mozambique: Cacilda Banze- Defensora de genero

Desde que introduzimos os aspectos de Genero em Maputo, a particicao e aceitacao de aspectos de genero sao aceite no Municipio, os meus lideres envolvem se cada vez mais no aspecto de igualidade de genero, neste momento nao e necessario esforcar a barra por questoes de genero sao atendidos com uma naturakidade

O Municipio de Maputo so tinha 3 Vereadoras hoje tem 6 dos 17 Vereadores, tambem tinha uma Secretaria do Bairro antes hoje tem os 08 dos 54 Bairros, temos varios Directoras e Directoras Adjuntas, Chefes de Departamento Mulheres e de Secoteres

Antes de assumir esta tarefa eu era Vereadora que dirigia um dos distritos mais populoso de Mputo onde tive que resolver muitos problemas que envolvia a mulher e que precisava de denfesor e quando sessei mandar me escolher o sector onde eu me senteria bem e escolhi a Accao Social para continuar a defender questies de genero nas comunidades mas o Presidente queria que eu fosse a area das financas e eu nao aceitei acabou aceitando e me colocaram na area da mulher que ate hoje sou a coordenadora dos assuntos da mulher e ponto focal sobre assuntos de Genero no Municipio de Maputo. ponto mal alto e de ter conseguido introduzir nas igrejas palestras sobre a prevencao de violencia da mulher e rastreio de cancro do Colo de Utero Mama e Prostata e tendo dado palestra a mais de dois mil mulheres na sede da Igreja Assembleia de Deus Alfa e Omega.

A minha missao pessoal é de defender a igualdade de Genero no Municipio de Maputo. Alertar os Municipes sobre a igualidade de Genero, promovendo Palestras, Worksops, debates com temas versados sobre a igualidade de genero e igualidade de oportunidades.Infelizmente nos outros sectores nao colaboram por exemplo na inclusao da Pessoa com deficiencia o que me preocupa

Fazer compreender todos que o assunto genero e transversal esta virada para a mulher apenas, que a mulher e capaz de tudo o que o homem faz profissionalmente, que haja o orcamento virada para questoes de genero

Nao aceito que alguem humilhe, despreze a mulher na minha presenca, a mulher e homem sao verdadeiramente iguais perante a lei, incentivo a mulher a aceitar que e capaz de ir longe mesmo se pensa que ja nao e capaz e felizmente tenho conseguido convencer as mulheres voltarem para as escolas e nao so aceitar que sao capazes, os responsaveis por esta mundanca sao varios dirigentes estatais, OMMA lideranca da organizacao da Mulher que participo desde aos meus 19 anos ate agora e ONGs que colaboro com eles.

So no ano passado ministrei acima de 20 Palestras sobre os direitos da mulher no ambito de genero em dois Ministerios, Sede de Bairros, Hospital Central de Maputo e Direccoes do Governo da Cidade de Maputo, Formacoes ao Lideres comunitarios e participei em debates Televisivos na TVM, STV e Mira Mar, na Radio Mocambique.Secretaria Geral da OMM Mariazinha Niquisse; Angelina Simango Directora de Genero, Crianca e Accao Social; Yolanda Manuel Vereadora de Saude e Accao Social de Maputo.

Na minha casa nao ha trabalho de mulher e dos homens todos participam na tarefas dando a sua ajuda, a igualidade de genero e defendido por toda a familia apesar de ainda o meu marido nao aceitar em algumas posicoes que toca questoes culturais de principio: como se o rapaz engravida uma moca se os pais dessa moca o expulsar de casa nos tambem expulsamos o nosso porque a menina tambem queria estar com os pais e esta a ser violentada por erro dos dois.

Laura Chiugani minha mae que sempre me educou no principio de igualidade de direitos entre homens e mulheres. Ela sempre nos dizia um homem ficou 9 meses na barriga da sua mae voces tambem por isso nao aceitam que estendam a mao e pedem ao homem para vos dar tudo porque no dia que cansar vai vos dar venoneno para morrerem paranao constituir um fardo para ele. durante os 10 anos que trabalhei como serralheira foi graca a minha mae que me apoiou incondicionamente.

Trouxe mais valia para a minha vida profissional hoje sou mais conhecida como a senhora das palestras que muda muitas pessoas nos Bairro, nas instituicoes estatais e religiosas em fim muitos lugares e isto e positivo para mim. Inovacoes quando ha nomeacoes observa se o aspecto de genero naturalmente.

Sobre a violenca da raparigas e Mulheres na via Publica e sobre o Dia Laranjaque se celebra em cada dia 25 de cada mes que e o dia da reflexao sobre a violencia da Mulher nas Naccoes Unidas trabalho com as Dras. Fernanda de Jesus Bernardo , Joanne da ONUMulheres, sobre os debates na radio trabalho com a senhora Gloria Muanga RM, palestras nos Bairros trabalho com senhora Flora Enosseda secretaria da OMM da Cidade

Com a mudanca das politicas maxistas as novas leis sao inclusivas pelo menos conseguiu se mudar muitas leis e agora quase que todas inclui a mulher e neste ambito que a mulher ocupa varios lugares de tomada de decisao no nosso Municipio.

As instituicoes nacional, provincial, distritais e locais promovem igualmente a mulher e insentivam a ocupar outros lugares no ambito nacional e internacional na luz das leis organicos que trazem a componete Igualdade de genero.

Dr. David Simango Presidente do Conselho Municipal de Maputo promove mulher, Engenheiro Filipe Jacinto Nyusi Presidente da Republica;

Em Outubro promovemos a capacitacao de 105 Lideres comunitario da Cidade de Maputo sobre a materia da violencia de genero nas comunidades com duracao de 3 dias por grupo o que tem proporcionado mais valia na proteccao das mesmas e na resolucao dos conflitos internos das familias.

Lições Aprendidas e Compartilhadas

Nos devemos estar unidos homens e mulheres para juntos promovermos a igualidade de genero; Devemos envolver a juventude de hoje porque estes serao homens e mulheres de amanha

Próximos Passos

Continuar a promover a igualidade de genero atraves de Palestras, formacoes, debates para que todos os municipes estejam engajados na promocao dos as pectos de generos.

EVIDENCIAS

Plano_de_Acção_de_Maputo.doc

Mudança de atitudes e habilidades

Mudança de atitude perante o género

Consciência dos direitos

Consciência do Protocolo de Género da SADC

Técnicas de resolução de conflitos

Participa nas redes sociais

Lobby e advocacia

Mudança de empoderamento

O padrão de vida melhorou

Capacidade de agir e negociar (Adicionado para a GL)

Mudança na dinâmica familiar

Negociação, acomodação e hábitos

Novas formas sociais, comportamentos e relacionamentos alterados

Mudança na comunidade

Participação no desenvolvimento: envolvido em projectos ou iniciativas nas quais não esteve antes envolvido. Agente de Mudança

Nível de politicas: ajuda a assegurar que a Plataforma de Politicas de Género responsabiliza o governo

Tomada de decisão: ajudou a assegurar que os compromissos globais e regionais perante a igualdade de género foram acatados pela direcção; Promoção da campanha 50/50; Mais mulheres concorrem a lugares públicos

Participação publica: as mulheres e os homens participam de igual forma nos processos envolvendo a organização

Emprego: mais mulheres trabalham em todas as áreas e níveis dentro da instituição; As mulheres e os homens são encorajados a ocuparem posições tradicionalmente reservadas a pessoas do sexo oposto e são apoiados nesse sentido

Serviços: as necessidades das mulheres e dos homens são abordadas de igual forma na provisão de serviços Voz: as vozes das mulheres e dos homens são atendidas de igual forma, as suas perspectivas reflectem-se no trabalho da organização.

Sistema de Gestão de género: ajudou a assegurar a alocação de recursos para aspectos de género

Sistema de Gestão de género: criou estruturas, planos, sistemas e processos de género.

Mudanca positiva occurreu consigo

torna-se formador, fazer capacitação

Mudanças nos sobreviventes de violência

Mudanças nas vidas das pessoas que prestam cuidados

Mudanças nas vidas das Crianças

Mudanças nas vidas de pessoas com HIV/SIDA

Lidera a campanha dos 16 dias Violencia Baseada no Genero

Cria alianças e Coligações